Lambe-lambes Patrimônio Cultural de Belo Horizonte

O projeto Lambe-lambes Patrimônio Cultural de Belo Horizonte foi proposto na plataforma Semente pela Associação dos Comerciantes e Concessionários do Parque Municipal Américo Renê Gianette, e contemplado pela 14ª Promotoria de Meio Ambiente de Belo Horizonte por meio do Termo de Ajustamento de Conduta celebrado nos autos da Ação Civil nº 0024.13.267.348-4.

A iniciativa teve o objetivo de intensificar as ações de preservação do ofício de lambe-lambes com o fornecimento de papel fotográfico para 10 profissionais (item responsável pela maior parte dos custos da produção) e potencializar ações educativas em escolas de Ensino Fundamental. Com a pandemia de Covid-19 e os seus desdobramentos, as ações antes previstas para ocorrerem de forma presencial com os alunos foram adaptadas para o espaço virtual e direcionadas a professores e educadores do ensino. 

Lambe-lambes Patrimônio Cultural de Belo Horizonte foi criado com o foco principal em salvaguardar o ofício. Os primeiros fotógrafos de lambe-lambe da capital se instalaram no Parque Municipal nos anos de 1920 e durante décadas fazem o registro de pessoas, imagens, cenas, acontecimentos na vida de inúmeras gerações de belo-horizontinos e turistas. Em 2012, o ofício foi registrado como Patrimônio Cultural do município, um importante instrumento de reconhecimento e legitimidade a esta manifestação cultural que nasceu e se desenvolveu junto com a cidade. 

Contudo, o registro precisa ser acompanhado de medidas de salvaguarda, ou seja, ações que apontem para a viabilização da manutenção do ofício, revitalização, proteção, promoção e valorização. Esse conjunto de ações precisa garantir também a transmissão dos saberes às novas gerações para perpetuação da profissão e sua divulgação e compreensão pela sociedade, como afirma a Associação dos Comerciantes e Concessionários do Parque Municipal Américo Renê Gianette. 

Proponente: Associação dos Comerciantes e Concessionários do Parque Municipal Américo Renê Gianette
Município de execução: Belo Horizonte
Valor do Projeto: R$ 6.869,50
Período de Execução: 10 meses
Data da Contemplação: 18/10/2019 
Status: Concluído e prestação de contas aprovada. 

Arquivos

       

Realizadores

Endereço

Rua dos Guajajaras, 1.611, sala 901, Barro Preto, Belo Horizonte/MG

Contato

31 2535-0028 e 31 3330-9982
semente@cemais.org.br