Recuperação da Restauração da Praça da Estação BH

A “Recuperação da Restauração da Praça da Estação BH” foi apresentada pelo Projeto Semente. A Praça Rui Barbosa, outro nome como é conhecida a Praça da Estação, é considerada o ponto de ignição da capital planejada, seu primeiro espaço histórico. 

 

Por essa e outras razões, foi tombada pelo Conselho Deliberativo do Patrimônio Cultural do Município de Belo Horizonte/CDPCM-BH, em 1998. Em 2004, passou por um projeto de revitalização o que contribuiu para a maior apropriação pelos frequentadores, consolidando-se como um espaço de referência e centralidade em Belo Horizonte. 

 

Passados 16 anos dessa grande intervenção e, em grande medida em função da maior utilização do espaço propiciado pelo projeto de revitalização, podemos identificar um conjunto de danos na Praça. Surge, portanto, a necessidade de readequar o projeto de 2004.

 

Em 2014, a PBH instituiu, pelo Decreto 15.587 de 09 de julho de 2014, o perímetro da Zona Cultural Praça da Estação, alterado pelo Decreto Nº 16.417, de 05 de setembro de 2016, na qual a Praça da Estação é o elemento central.

 

A proposta é do Semente e foi contemplada pela 14ª Promotoria de Meio Ambiente de Belo Horizonte, por meio de Termo de Compromisso, celebrado nos autos do Inquérito Civil o Inquérito Civil 0024.07.000732- 3.



Proponente:  Plataforma Semente 

Municípios de execução:  Belo Horizonte 

Valor do Projeto: R$ 191.711,09

Período de Execução: 3 meses

Data da Contemplação: 15/10/2021

Status: Em andamento

 

       

Realizadores

Endereço

Avenida Raja Gabaglia, 2.000, sala 802 C, bloco 1 - Belo Horizonte/MG

Contato

31 3330-9927
semente@cemais.org.br

Acesso à plataforma