Publicado em: 21/11/2023
178

Plataforma Semente apresenta 20 projetos de relevante impacto social contemplados no ano

Em 2023, foram destinados da Plataforma mais de R$ 150 milhões em recursos de medidas compensatórias ambientais, divididos em 127 projetos selecionados. Veja 20 dessas propostas

Vinte projetos de relevância socioambiental, contemplados via Plataforma Semente com recursos de medidas compensatórias ambientais, foram apresentados nessa terça-feira, 21 de novembro, em solenidade que contou com a presença de mais de 300 pessoas, no auditório do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), em Belo Horizonte. Até essa data, eram 77 projetos selecionados por meio da Plataforma, com a destinação de cerca de R$ 120 milhões. Com os dados atualizados, são 127 contemplados e mais de R$ 150 milhões destinados para as propostas, inclusive as em destaque, envolvendo 38 comarcas em 2023. Elas representam iniciativas socioambientais, histórico-culturais, do meio ambiental natural e urbanístico.

“Nós estamos fazendo a diferença no cuidado com o meio ambiente, protegendo rios e matas, no cuidado com os índios, com a população em situação de rua. Além disso, na proteção e restauração do nosso patrimônio cultural. A Plataforma Semente é democrática, inclusiva, transparente e eficiente, e todos os valores foram obtidos por meio de acordos, que devolvem à sociedade muito mais em menos tempo”, pontuou o promotor de Justiça e coordenador ambiental do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), Carlos Eduardo Ferreira Pinto.

A solenidade dessa terça apresentou, ao todo, 83 projetos de relevância social contemplados com recursos oriundos de ações do MPMG e de fundos da instituição, incluindo os 20 via Semente. Eles contemplam regiões mineiras diversas e o valor repassado chega próximo aos R$ 4 bilhões. “Os valores arrecadados não são do MP, pertencem à sociedade. Agora, eles retornam aos cidadãos por meio desses projetos que foram contemplados e proporcionaram benefícios às várias regiões de Minas”, lembrou o procurador-geral de Justiça, Jarbas Soares Júnior.

No dispositivo de honra, além dos drs. Jarbas Soares e Carlos Eduardo Ferreira, estiveram presentes o governador do Estado, Romeu Zema; a 1ª vice-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputada Leninha; o presidente do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, conselheiro Gilberto Pinto Monteiro Diniz; o presidente da Câmara Municipal de Belo Horizonte, vereador Gabriel Azevedo; o corregedor-geral do MPMG, procurador de Justiça Mário Drummond da Rocha; e a ouvidora do MPMG, promotora de Justiça Nádia Estela Ferreira Mateus. E claro, os executores e colaboradores dos projetos contemplados, entre outros presentes.

Representantes de um dos projetos apresentados nessa terça-feira, no BDMG

Contemplados via Semente

Em 2023, a maioria dos projetos contemplados na Plataforma até então é oriunda do meio ambiente histórico-cultural, com um número superior a 30 propostas submetidas. Com quantidade aproximada, está o meio ambiente natural. As demais áreas envolvem, nesta ordem, o meio ambiente urbanístico e a socioambiental.

Confira a lista com os 20 projetos de relevante impacto social apresentados na solenidade:

  • SOS Silvestres – Resgate de animais silvestres;
  • Fomento às culturas populares dos Catopês, Marujos e Caboclinhos – Tradições, Saberes e Fazeres;
  • Hãmhi – Terra Viva - Mães e Pais da Floresta;
  • Projeto Aluguel Solidário – Uma possibilidade de Moradia Primeiro para a População em Situação de Rua;
  • Projeto de Conservação e Restauro do Palácio da Liberdade;
  • Econhecendo as Trilhas;
  • Primatas PERDidos – Conservação do muriqui-do-norte;
  • Combate a incêndios próximos a barragens em Ouro Preto;
  • Trilha São Francisco;
  • Bicho Solto – de volta à natureza;
  • Mobilização em defesa da Mata Atlântica;
  • Bicho da Gente: Meio Ambiente Acolhe;
  • Recomposição Florestal dos Ribeirões Caeté-Sabará;
  • Coletando Sementes para a Biodiversidade da Mata Atlântica;
  • Bio Reconstrução;
  • Reabilitação Geotécnica e Arquitetônica na comunidade Kilombo Manzo Ngunzo Kaiango em Santa Luzia-MG;
  • Qualificação Profissional e Restauração Arquitetônica e Artística da Igreja Matriz de Santo Amaro;
  • Prevenindo a extinção do tatu-canastra (Priodontes maximus) na Mata Atlântica;
  • Turismo de Observação do Lobo-guará como ferramenta de conservação;
  • Elaboração dos projetos executivos de restauro e adaptação do Palacete Dantas.

O evento foi transmitido pelo canal oficial do MPMG no YouTube (destaque a partir de 41'):

 


Com Assessoria de Comunicação Integrada do MPMG

Arquivos

Arquivo em PDF

Portfólio de Projetos Selecionados e Resultados 2023

Clique aqui e acesse!

Realizadores

Endereço

Rua Matias Cardoso, 63 - Salas 1301 e 1302 - Bairro Sto. Agostinho, Belo Horizonte-MG, CEP 30170-914

Contato

31 3643-7604
semente@cemais.org.br

Acesso à plataforma

      
@2023 Projeto Semente  I  Todos os direitos reservados
CNPJ: 08.415.255/0001-27

Termos de uso
Privacidade
Preferências de cookies
Desenvolvimento: